sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

É com o coração nas mãos que fico por aqui.






UM FELIZ 2013, é o que desejo a todos os seguidores e amigos do blog. Quero aproveitar para agradecer os comentários de boas festas aqui deixados e retribuir com o coração que nasceu hoje. Se pudesse, oferecia um coração a cada um de vós, esculpido naquela que é, talvez, a mais bela rocha do Algarve.
Só para terem uma ideia de como era a pedra antes, fiz uma colagem que mostra a mesma antes e depois do trabalho. Dificilmente diriam que se tratava da mesma. Conhecida como brecha, considero esta pedra uma verdadeira joia da geologia algarvia.

Uma das resoluções para este ano, e sobre a qual tenho refletido nos últimos dias, passa por terminar a minha experiência no mundo dos blogs.
É com este vosso coração nas minhas mãos neste último post que fico por aqui, agradecendo a todos o muito que representaram para mim ao longo dos 2 últimos anos. Quero que saibam que sem esse lado, nada disto faria sentido...

21 comentários:

  1. Hum ... terei muita pena Zé Júlio, pois era uma rotina feliz vir aqui, até ao teu blog, onde estava seguro de encontrar beleza, tranquilidade, experiências, e, mais importante que tudo, um coração a sério, à altura do dono; as fotos ... nem se fala, todas de uma beleza inesgotável, a acompanhar um conhecimento profundo das coisas dos jardins, plantas, construção de muros ... eu sei lá ... tudo à mistura com um mundo de coisas sobre a terra onde vives ... foi a partir do teu blog que me reconciliei com o Algarve, e, estou certo, o mesmo deve ter acontecido com muitos milhares de pessoas mais.
    A tua influência sobre todos nós, componentes de uma comunidade que te segue, foi deveras importante, e, mais importante ainda, serviu para nos chamar à atenção para formas de vida alternativas, que julgo serem mais saudáveis e de acordo com a mãe natureza, onde afinal todos nos inserimos.
    Seja lá como for, devo respeitar a tua decisão, e nada mais me resta que dizer-te: um grande bem hajas por tudo aquilo com que nos tocaste, a cada um de nós à sua maneira
    Manel

    ResponderEliminar
  2. Olá Zé Julio! Tudo tem seu fim, dir-nos-há com um sorriso.Mas eu não gosto desta palavra, que é tão pequenina, mas que por vezes tão contundente se torna.Assim, aplicar o fim ao seu blog faz-me pena a mim, e vai fazer falta a muitos dos seus amigos que viajam pela blogosfera.
    Espero que a decisão não seja definitiva,quero pensar que seja apenas uma paragem, para um retomar mais à frente.
    Um abraço, e um até breve Zé Julio.
    Dilita

    ResponderEliminar
  3. Li aqui comentário do misterioso e já querido Manel- cujos comentários sempre interessantes venho lendo ao longo do percurso do blog- que dizia tanto do que eu queria dizer.
    Venho seguindo seu blog já há tanto tempo, sempre encantada, contando com as imagens e histórias quase como um prêmio ao fim do dia... por essa razão é difícil abrir mão desse privilégio que é participar aqui do Brasil da sua vida aí no Algarve... e de toda a beleza que partilhou até agora.
    Eu gostaria de sugerir que postasse ocasionalmente alguma foto no Instagram, se assim desejar... eu gostaria de sugerir também ao já citado Manel e ao LuisY do também querido Velharias... o Instagram é uma plataforma assim sem compromisso, onde se posta quando quer, sem tem que escrever muito- e hoje em dia está disponível tanto em computadores quanto para iphones e outros telefones (ou telemóveis)
    Eu estou no instagram como eye_pic_art se alguém quiser visitar- mas nada do nível de Zé Júlio, só umas fotos do meu dia-a-dia na cidade...
    Desejo tudo de bom a você e meu coração segue contente sabendo que sua vida será sempre rica de descobertas, criações e beleza. Nas palavras do Manel: "Bem haja" Luciana

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Caro Zé Júlio

    Fico cheio de pena. Foi através deste blog que tive oportunidade de conhecer a tua personalidade original, o teu mundo interior muito rico, que se manifesta nos jardins, que crias com pedras e plantas do Algarve de do Sul, nas ruínas que descobres, nas árcvores centenárias, que encontras e partilhas aqui comnosco.

    Para mim este blog, permitiu-me descobrir uma forma diferente de fazer jardins com pedras, alecrins, açucenas e muros recriando casas arruínadas invadidas pelas plantas, que até certa forma, tentro modestamente reproduzir na casa do Manel.

    As fotografias foram sempre de uma qualidade irreprensível e como o Manuel afirmou, permitiram a muitos de nós uma reconciliação com o Algarve.

    Por último, blog pemitiu-me também conhecer-te pessoalmente, um homem generoso, que é capaz de mandar parar um carro para salvar um cágado.

    Claro, pessoalmente acho que ainda não esgotaste o tema do teu blog. O Algarve está cheio de casas em ruínas, plantas silvestres, cegonhas e passarinhos, que podes mostrar aqui e encantar os outros. Também me parece positivo, mostrares aqui o teu mundo interior, que é como que cair dentro da toca do coelho e entrar num qualquer País das Maravilhas.

    Mas percebo-te um pouco. Escrever um bolg é uma obrigação e por vezes apetece e ir ver um filme na televisão ou um ler um livro. No meu caso, temo que já não tenhas muitas velharias para mostrar. Claro posso sempre socorrer-me das do Manel, dispersar-me pelas memórias familiares, mas sei que um dia vai acabar.

    um abraço

    ResponderEliminar
  6. È com muita tristeza que faço este comentário, com certeza voçê tem seus motivos e devemos repeitar, mas é uma grande perda para todos nós. Voçê é aquele irmâo que mora longe e a gente tem vontade de poder estar junto,de saber como está,eu já estava estranhando a falta de postagens ...
    Desejo a voçê e aos teus tudo de bom, muita paz,amor,harmonia,sáude,fecidade,properidade e muita sorte !!!!
    Parabéns pelo seu aniversário e feliz ano novo !!!
    Maria Helena.

    ResponderEliminar
  7. Como quase tudo na vida tem 1 ciclo... mas foi com imensa tristeza que li que pretendes terminar este ciclo... mas de certeza que não tomaste esta decisão de animo leve e como tal creio que todos os que acompanharam o teu blog durante este tempo todo, compreendem e aceitam a tua decisão... apesar da falta que farás...
    A única coisa que te posso dizer agora é que continue novos ciclos na tua vida e que te deem o prazer que este te deu (como me deu a mim ler)... desejo que tenhas tudo o que ambicionas... com a secreta esperança de que nos havemos de nos cruzar por aí... por esses trilhos do Algarve que também estou a aprender a adorar...
    1 abraço... e saúde para ti e para os teus... felicidades… e mais uma vez, OBRIGADO pela partilha inigualável de conhecimento e experiências…

    ResponderEliminar
  8. Muito obrigado pelas belezas que colocou neste blog e que todos nós tivemos o privilégio de ver. Cumprimentos

    ResponderEliminar
  9. É com imensa pena que recebo esta notícia mas a vida é mesmo assim, tudo o que é bom tem o seu fim...
    Foi o fim deste ciclo mas talvez seja o inicio de um outro, só o Zé Júlio saberá. Pessoalmente fico na esperança que seja um "até já" e não um adeus definitivo. Ainda há muita coisa para mostrar deste cantinho e de outros...cá estaremos à espera!
    Obrigado pela partilha destes cenários espectaculares que foi criando e de outros cuja criação apenas cabe ao divino.

    Um abraço

    André Cavaco

    ResponderEliminar
  10. Zé Júlio

    Olha que estás nomeado para o melhor blog de 2012 na categoria natureza http://aventar.eu/blogs-do-ano-2012/blogs-do-ano-2012-votacoes-1a-fase-14/

    Eu já votei em ti

    ResponderEliminar
  11. Apenas agora tomei contacto com o seu blogue. Não quero pensar que não continua. O que li deixou-me com vontade de mais. Continue pf.

    ResponderEliminar
  12. É uma "Pena", mas temos que "Respeitar", não é?
    Se mudar de Idéia será uma ALEGRIA para todos que admiram o teu trabalho aqui do Brasil.
    Um Até Breve!

    ResponderEliminar
  13. Caro Zé Júlio, o seu coração é liiiiindo!
    Há mais de um ano que sou visita assídua do seu blogue, embora raramente deixe comentários, e tenho-lhe a dizer que me estão a fazer falta estes posts cheios de beleza e criatividade.
    Imagino-o um espírito livre a não querer rotinas e espartilhos de qualquer espécie, mas quando lhe apetecer retomar este trabalho, já sabe que tem em mim mais uma seguidora ávida destes momentos de encantamento.
    Até... quando quiser...

    ResponderEliminar
  14. Caro José,
    Só agora percebi que este seu mundo que tenho vindo a descobrir nos últimos dias vai terminar.

    Não posso deixar de lamentar e manifestar a minha tristeza. Mas mais uma vez quero felicitar pela fantástica partilha que desenvolveu aqui ao longo de anos.

    Já que estamos tão perto espero que um dia ainda nos possamos conhecer e partilhar conhecimentos.

    Deixo-lhe o meu e-mail: luispvc@gmail.com

    Um forte abraço,
    Luís

    ResponderEliminar
  15. que tristeza que me da que dejes de postear, la verdad adoro tu blog y todo lo que haces, espero conocer algún día "Catita" , y espero que decidas volver, aunque sea de vez en cuando .abrazo desde Argentina.
    Natalia

    ResponderEliminar
  16. Mas então porquê? Va lá... Volta!
    Ou é preciso um abaixo-assinado?
    :-( estou triste...

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...